IBOVESPA
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
Ibovespa hoje fecha em alta de 2,12% aos 100.763 pontos

Ibovespa hoje fecha em alta de 2,12% aos 100.763 pontos

Matheus Gagliano

Matheus Gagliano

27 Jun 2022 às 17:39 · Última atualização: 27 Jun 2022 · 4 min leitura

Matheus Gagliano

27 Jun 2022 às 17:39 · 4 min leitura
Última atualização: 27 Jun 2022

foto de celular e gráficos

Reprodução/Pixabay

O Ibovespa hoje fechou em alta de 2,12% aos 100.763 pontos. Ao longo do pregão, a bolsa oscilou entre 98.672 e 101.106 pontos. O volume financeiro registrado no dia foi de R$ 21,6 bilhões.

A semana de 27 de junho a 1 de julho traz como destaques dados de inflação e emprego no Brasil.

Haverá uma série de indicações de Sondagens da FGV, além de IGP-M, inflação do aluguel, de junho, que sai na quarta-feira (29) e deverá apresentar aceleração na margem, por conta do avanço no preço do minério de ferro e dos combustíveis.

A taxa de desocupação no país, que será divulgada na quinta (30) pela Pnad Contínua do IBGE, deve manter a trajetória de queda observada nos últimos trimestres, com projeção de 9,7%, menor taxa desde 2015.

A semana ainda tem dados do Caged, do Ministério do Trabalho, também na quinta, com as vagas de emprego com carteira assinada.

E seguem as especulações quanto à política de preços da Petrobras (PETR3, PETR4), com a aprovação de Caio Paes de Andrade para presidente da empresa pelo Conselho na segunda-feira (27), cujo nome foi endossado pelo Conselho de Administração por 7 votos a 3. Politicamente, seguem as manifestações pela alteração na paridade internacional de preços aplicada pela companhia.

Em indicadores, o Índice de Confiança da Construção, da FGV, subiu 1,2 ponto em junho, para 97,5 pontos.

E o IPC-Fipe, que mede a inflação na cidade de São Paulo, subiu 0,13% na terceira leitura de junho, ante 0,04% da leitura anterior.

Projeção do Boletim Focus para PIB. Fonte: Banco Central

Destaques da bolsa

Confira as ações que foram destaque nesta segunda-feira (27):

Mais negociadas:

PETROBRAS (PETR4): R$ 28,03 (+6,62%)

VALE (VALE3): R$ 78,20 (+4,80%)

ELETROBRAS (ELET3): R$ 45,24 (+2,24%)

LOCALIZA (RENT3): R$ 51,82 (+3,00%)

PETROBRAS (PETR3): R$ 30,93 (+6,99%)

Maiores altas

PETROBRAS (PETR3): R$ 30,93 (+6,99%)

PETROBRAS (PETR4): R$ 28,03 (+6,62%)

3R PETROLEUM (RRRP3): R$ 36,38 (+6,41%)

ENEVA (ENEV3): R$ 15,15 (+5,50%)

PETRORIO (PRIO3): R$ 22,78 (+5,29%)

Maiores baixas

MELIUZ (CASH3): R$ 1,190 (-5,56%)

IRB BRASIL-RE (IRBR3): R$ 2,30 (-5,35%)

AZUL (AZUL4): R$ 13,31 (-5,33%)

CVC (CVCB3): R$ 8,11 (-4,70%)

GOL (GOLL4): R$ 10,08 (-4,00%)

Mercados do exterior

Nos EUA, na quinta-feira, sai o PIB do primeiro trimestre, na versão final, além dos dados de consumo pessoal e gastos pessoais, e o Índice de Preços para Despesas com Consumo Pessoal (PCE), medida favorita do Federal Reserve (Fed), banco central americano, para medir a inflação.

Vale lembrar que, nos EUA, o Fed promoveu em 15 de junho a maior alta de juros desde 1994, com 0,75 ponto porcentual. E mais outra alta de 0,5% a 0,75% é aguardada para a próxima reunião de política monetária.

Mercados de Nova York

  • Dow Jones: -0,19%
  • S&P: -0,29%
  • Nasdaq: -0,87%

Mercados Europa

  • DAX, Alemanha: +0,52%
  • FTSE, Reino Unido: +0,69%
  • CAC, França: -0,43%
  • FTSE MIB, Itália: -0,86%
  • Stoxx 600: +0,52%

Mercados Ásia

  • Nikkei, Japão: +1,43%
  • Xangai, China: +0,88%
  • HSI, Hong Kong: +2,35%
  • ASX 200, Austrália: +1,94%
  • Kospi, Coreia: +1,49%

Petróleo

  • Brent (dezembro 2021): US$ 110,98 (+1,72%)
  • WTI (novembro 2021): US$ 109,57 (+1,81%)

Ouro

  • Ouro futuro (dezembro 2021): US$ 1.824,80 (-0,30%)

Minério de ferro

  • Bolsa de Dalian: US$ 115,88 (+3,96%)

Moedas

  • Dólar: R$ 5,2344 (-0,35%)
  • Euro: R$ 5,5368 (+0,08%)
  • Bitcoin: US$ 20.913 (-2,27%)
  • Ethereum: US$ 1.203 (-3,44%)

Quer saber mais sobre o Ibovespa e como investir melhor? Preencha o cadastro que um assessor da EQI Investimentos irá entrar em contato.

A retomada das Criptos?
newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias