Economia
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
Dólar fecha com alta de 0,11%, a R$ 5,01 nesta quinta

Dólar fecha com alta de 0,11%, a R$ 5,01 nesta quinta

Redação EuQueroInvestir

Redação EuQueroInvestir

10 Mar 2022 às 20:31 · Última atualização: 24 Jun 2022 · 3 min leitura

Redação EuQueroInvestir

10 Mar 2022 às 20:31 · 3 min leitura
Última atualização: 24 Jun 2022

dólar

Reuters

O dólar fechou esta quinta-feira (10) com alta de 0,11%, a R$ 5,0160. Ao longo do dia, a moeda norte-americana oscilou entre a máxima de R$ 5,0760 e a mínima de R$ 5,0110.

  • Segunda-feira (7): +0,03%, a R$ 5,0797
  • Terça-feira (8): -0,52%, a R$ 5,0532
  • Quarta-feira (9): -0,84%, a R$ 5,0106
  • Quinta-feira (10): +0,11%, a R$ 5,0160
  • Semana: -1,22%

Cenário

No Brasil, a Petrobras (PETR3; PETR4) anunciou o reajuste nos preços dos combustíveis para as distribuidoras após 57 dias. A gasolina contará com um aumento de 18,8%, passando de R$ 3,25 para R$ 3,86 por litro. A elevação no diesel será maior ainda, em que preço médio passará de R$ 3,61 para R$ 4,51, uma valorização de 24,9%. Os novos valores já valem a partir de amanhã (11).

De acordo com o comunicado, divulgado pela empresa estatal, a medida irá na mesma direção de outros fornecedores da área que já fizeram reajustes nos preços de dias.

Com relação aos empregos, o Brasil gerou 155,178 mil empregos formais em janeiro, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do ministério do Trabalho.

De acordo com dados divulgados nesta quinta-feira (10), ao todo o país registrou em janeiro 1.777.646 contratações e 1.622.468 demissões.

O levantamento mostra ainda que o resultado representa piora na comparação com janeiro de 2021, quando foram abertos 254.323 empregos formais na economia.

O IGP-M registrou estabilidade de preços (inflação zero) na primeira prévia de março, segundo a Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Trata-se do índice Geral de Preços – Mercado, cuja mesma leitura do mês passado mostra que o indicador estava em 1,38%; no encerramento de fevereiro, marcava 1,83%.

Já o Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), que tem peso de 60%, mostra que o indicador cedeu 0,10% na primeira leitura do mês.

No mesmo período, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que representa 30% do IGP-M, teve variação positiva de 0,28%.

Com os 10% restantes, o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) ficou em 0,23% de aumento.

No cenário internacional, os Estados Unidos (EUA) registram 227 mil pedidos de seguro-desemprego na semana até dia 5 de março de 2022, ou 11 mil novos pedidos no período, conforme dados do departamento de trabalho do país.

Isso porque a projeção de mercado marcava 216 mil pedidos de auxílio-desemprego, ou seja, o volume veio acima do esperado.

Também disse que o nível da semana anterior foi revisado para cima em 1 mil, de 215 mil para 216 mil.

E acrescentou que a média móvel de 4 semanas foi de 231.250, um aumento de 500 em relação à média revisada da semana anterior.

Já a média da semana anterior foi revisada em 250, de 230.500 para 230.750.

Ainda nos EUA, a inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor (IPC ou CPI na sigla em inglês) avançou 0,8% em fevereiro, dentro da expectativa do mercado. Na comparação anual, a alta foi de 7,9%.

O núcleo do CPI subiu 0,5% no mês e 6,4% no ano.

Apesar de vir em linha com a projeção, a leitura é bastante alta e reforça a tese de necessidade de subida de juros pelo Federal Reserve (Fed), banco central americano.

Na Europa, o Banco Central Europeu (BCE) divulgou sua decisão de política monetária nesta quinta-feira (10) e optou por manter inalteradas suas taxas de juros: taxa de refinanciamento em 0%, taxa de depósito em -0,50% e de empréstimo em 0,25%.

A decisão veio em meio ao aumento da preocupação com a inflação devido à guerra na Ucrânia, que impacta especialmente combustíveis e alimentos, já que o país e a Rússia são fornecedores relevantes de petróleo, gás, trigo e milho.

A retomada das Criptos?
newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias