Educação Financeira
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
Dólar fecha em alta de 4%, a R$ 4,80 nesta sexta

Dólar fecha em alta de 4%, a R$ 4,80 nesta sexta

Redação EuQueroInvestir

Redação EuQueroInvestir

22 Abr 2022 às 20:25 · Última atualização: 22 Abr 2022 · 2 min leitura

Redação EuQueroInvestir

22 Abr 2022 às 20:25 · 2 min leitura
Última atualização: 22 Abr 2022

dólar

Reprodução/Libreshot

O dólar fechou esta sexta-feira (22) em alta de 4%, a R$ 4,8051. Ao longo do dia, a moeda norte-americana oscilou entre a mínima de 4,6724 e a máxima de R$ 4,8390.

  • Segunda-feira (18): -1,02%, a R$ 4,6482
  • Terça-feira (19): +0,43%, a R$ 4,6682
  • Quarta-feira (20): -1,02%, a R$ 4,6204
  • Quinta-feira (21): feriado
  • Sexta-feira (22): +4%, a R$ 4,8051
  • Semana: +2,39%

Cenário

Os principais bancos esperam ter bons resultados no primeiro trimestre de 2022. A expectativa é que esses números possam ajudar a determinar bons desempenhos para o restante da temporada. Apesar da possibilidade de um bom cenário, o crescimento da inadimplência acende alerta.

O PIB veio melhor que o esperado. Somado a isso, houve um crescimento surpreendente do crédito. No entanto, na outra via, os juros e a inflação estão altos, fatores que levarão a um esperado aumento da inadimplência ao longo deste ano. O BTG Pactual (BPAC11), por exemplo, prevê uma alta de 41,3% em PDD.

No cenário internacional, o presidente do Federal Reserve (o Fed, banco central americano), Jerome Powell, voltou a falar publicamente que o ritmo de alta dos juros nos Estados Unidos vai acelerar a partir de maio, a fim de combater a inflação persistente no país.

Em evento do Fundo Monetário Internacional (FMI), nesta quinta-feira (21), Powell disse que no atual momento “é apropriado um movimento mais rápido” e reiterou que em maio a taxa deve subir meio ponto percentual, de 0,5% ao ano para 1%. Em março, o Fomc, órgão de política monetária do Fed, aumentou a taxa em 0,25 ponto.

Segundo a última estimativa do BTG Pactual (BPAC11), o Fed deve promover quatro altas de 0,50 ponto, mais duas altas de 0,25 até dezembro (taxa de 2,75% a 3% até o final de 2022). Para 2023, o banco prevê mais quatro altas de 0,25, com taxa terminal de ciclo entre 3,75% e 4%.

Fim da janela de oportunidade

Alexandre Viotto, head de câmbio e comércio exterior da EQI Investimentos e colunista do EuQueroInvestir, confirma que a janela de oportunidade para quem quer investir em dólar está se fechando.

“O real está perdendo muito valor frente ao dólar. E a explicação é o carry trade”, explica Viotto.

O real, ele diz, vem sendo a estrela entre as moedas emergentes, por conta justamente do carry trade, que é o diferencial de juros entre o mercado local e os países desenvolvidos.

“A gente teve taxa de juros de 0% a 0,25% nos EUA, enquanto aqui a Selic está em 11,75%. Isso tornou o país muito atrativo e trouxe dólares para o Brasil, valorizando o real”, ele diz.

newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias