Fundos Imobiliários
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
Dividendo parado pega pó: sobre Pinóquio e FIIs

Dividendo parado pega pó: sobre Pinóquio e FIIs

Felipe Paletta

Felipe Paletta

22 Set 2022 às 15:04 · Última atualização: 23 Set 2022 · 4 min leitura

Felipe Paletta

22 Set 2022 às 15:04 · 4 min leitura
Última atualização: 23 Set 2022

foto do filme Pinóquio

Já assistiu o live action de Pinóquio na Disney+?

Pinóquio sempre foi um dos meus filmes favoritos, dos tradicionais da Disney. Por isso, mesmo diante das críticas, me obriguei a assistir. 

Muita modernidade não me agradou, mas o que me chamou a atenção nessa reedição foram os relógios do Geppetto. 

Até onde sabemos, Geppetto – pai do Pinóquio – era um grande entalhador de relógios. Seus relógios chamavam a atenção dos clientes, eram demandados, mas ele nunca os vendia. 

Obras de arte acumuladas em uma loja que deveria ter o propósito de vendê-los. 

O que me fez pensar, analogamente, nos investidores de Fundos Imobiliários (FIIs) que não reinvestem os dividendos. Aqueles que os deixam parados na conta ou os transferem de volta ao bancão. 

Se relógios parados na parede pegam pó, você não imagina o que acontece com os dividendos.

Os dividendos que caem na sua conta e não são reinvestidos representam desperdício de riqueza. 

Dê uma olhada no gráfico a seguir. Ele mostra como o retorno de um investidor que reinvestiu seus dividendos (linha laranja) é muito maior do que o retorno de quem não investe (linha azul).

Gráfico com retorno do investimento

Eu sei que ter disciplina é difícil e lembrar de investir toda vez que os dividendos caem na conta pode ser chato, mas olhe o gráfico novamente e me diga se não compensa. 

Como tudo na vida: no pain, no gain

Para acabar com esse problema, quero listar estratégias que eu utilizo para me manter disciplinado no investimento e reinvestimento dos dividendos:

Transferência programada do salário 

Essa é a dica master. 

É possível deixar programado na conta do banco um aporte recorrente em uma data do mês. Conheço muitos investidores bem sucedidos que escolhem datas de “sorte” para fazer os aportes regulares. Escolha a sua e agende.

Aportar todos os meses vai criar recorrência e vai permitir que você veja os resultados crescentes na sua conta. 

Não confie em você mesmo para fazer aportes todos os meses. Deixe sair automaticamente da sua conta. Uma vez fora, só sendo muito teimoso para resgatar.

Aplicações automáticas 

Com o dinheiro todos os meses pingando na conta da sua corretora, é possível deixar programado – em algumas plataformas – o aporte recorrente em determinados ativos. Pode ser uma cesta de ativos ou um único fundo imobiliário. 

Sugiro que siga a minha carteira recomendada de Fundos Imobiliários da Monett.

Ative suas notificações

Praticamente todas as corretoras mandam aquele “oi sumido(a)” no seu celular lembrando que você vai receber aquela graninha no dia. 

O objetivo, claro, é fazer você girar. Mas enquanto eles ganham com corretagem, você ganha com uma valorização maior de longo prazo.

win, win

Reflexo na mordida do leão

Por fim, para quem costuma fazer a própria declaração de Imposto de Renda anual, essa dica é valiosa. 

Se você se habitua a reinvestir os seus dividendos, isso deveria significar que todos os anos o número de cotas de fundos imobiliários deve crescer bastante na sua carteira.

Quando a sua corretora enviar o extrato anual com a sua posição de custódia no último dia do ano, reflita. Se o número de cotas estiver igual ao ano anterior, alguma coisa errada você está fazendo.

Use esse momento único e chato do ano para melhorar a sua organização financeira e renovar o ânimo para o próximo.

Me desculpe o spoiler, mas até o Geppetto vende os seus relógios quando percebe que seu filho de madeira corre perigo.

Então, bora, não espere a baleia te engolir.

Nos vemos na semana que vem!

Por Felipe Paletta, analista da Monett

P.S.: Entramos nas últimas horas para garantir o seu acesso à Monett – um aplicativo completo de investimentos – por apenas um real por dia. Aqui estão as razões para você entrar agora!

newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias