Educação Financeira
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
6 Passos para ser um criptoinvestidor de sucesso

6 Passos para ser um criptoinvestidor de sucesso

Helena Margarido

Helena Margarido

23 Jun 2022 às 14:22 · Última atualização: 23 Jun 2022 · 7 min leitura

Helena Margarido

23 Jun 2022 às 14:22 · 7 min leitura
Última atualização: 23 Jun 2022

ilustração de Bitcoin

Reprodução/Pixabay

Olá, aqui é a Helena Margarido, criptoanalista da Monett.

Na coluna de hoje, eu resumo os passos necessários para você virar um investidor de criptomoedas de sucesso.

O Poder do Hábito

Muitos não sabem, mas a disciplina é um dos fatores-chave para se obter sucesso em qualquer negócio. Quando o assunto são investimentos em um mercado tão novo e competitivo quanto o de criptomoedas, não é diferente: é necessária a disciplina para estudar projetos, para se manter informado sobre o turbilhão de notícias desse mercado e também para efetivamente investir em criptoativos.

Mas por onde começar? O que ler? Quando e o que comprar? São tantas as dúvidas sobre esse mercado que, apesar de recém-nascido, já gira acima da casa do US$ 1 trilhão, que decidimos organizar um passo a passo para te ajudar nessa difícil tarefa que é ser um criptoinvestidor.

Passo #01: Compre qualidade

Hoje o criptomercado é composto por mais de 19 mil criptomoedas, cada uma delas representativa de um projeto distinto e, por consequência, com diferenças substanciais de valor e de potencial de valorização. Exatamente por isso, é relativamente difícil descobrir novos projetos antes dos demais, especialmente um projeto com maior potencial de retorno financeiro.

Apesar de não ser tarefa simples, existem alguns métodos para identificá-los. Naquilo que chamamos de análise fundamentalista de cripto, algumas perguntas precisam ser respondidas, como, por exemplo:

  • Qual é a grande proposta do projeto?
  • A proposta faz sentido se considerado o mercado como um todo?
  • Quais são as alternativas atualmente existentes?
  • Qual o histórico da equipe responsável pelo projeto?
  • Como a comunidade tem se engajado com o projeto?
  • Como funciona o tokenomics da iniciativa?
  • Existe alguma métrica para estimar o valor de mercado futuro da iniciativa?

Com base nessas respostas, é possível encontrar bons projetos de cripto que, por possuírem bastante valor agregado, tendem a entregar bons resultados como investimento.

Ademais, momentos como o que estamos vivendo, de queda no mercado, costumam ser ótimos para se investir nesse tipo de projeto, já que estão com o valor extremamente descontado. 

Nesse sentido, o momento parece indicar uma boa oportunidade para que se aumentem posições nesses projetos de qualidade, especialmente aqueles que aparecem como bluechips desse mercado, como bitcoin e ethereum.

Passo #02: HODL

No mercado de criptoativos, pensar no longo prazo (mais de 2 anos) pode ser fator decisivo para o futuro dos seus investimentos, especialmente se considerarmos quão volátil esse mercado ainda é.

Nesse sentido, como prever topos e fundos de cotações é tarefa impossível mesmo para o mais experiente dos analistas, o segredo é manter os investimentos (no caso, “hold”, ou HODL, como falamos no criptomercado) pelo maior tempo possível, garantindo que se passe por ciclos completos de valorização dos ativos em carteira.

Para os bons projetos do universo de cripto, ninguém sabe quando os preços voltarão a subir, a única quase certeza é de que vão subir. Dessa forma, mantendo as posições em carteira é possível ignorar um pouco a volatilidade do mercado e se obter retornos mais substanciais ao longo do tempo.

Passo #3: Tenha bitcoins

Independentemente de qual seja seu criptoativo de preferência ou qual você acredite que mais vai se valorizar ao longo do tempo, tenha bitcoins.

Primeiro porque ele é o precursor de tudo aquilo que hoje conhecemos e entendemos como criptomercado.

Ainda estamos falando do melhor e unicamente descentralizado projeto de blockchain que assusta autoridades do mundo inteiro por propor um padrão monetário novo, não inflacionário e gerido exclusivamente por um protocolo de tecnologia.

Resumindo: para aquilo que o bitcoin se propõe a fazer, não existe e dificilmente existirá outro projeto à altura. Isso é o que faz dele algo tão único.

Além disso, o bitcoin até hoje mantém mais de 40% do total do market cap de critpoativos, ocupando a primeira posição dentre as mais de 19 mil iniciativas existentes. Trata-se da cripto mais difundida e, mesmo após 14 anos de seu surgimento, ainda é a porta de entrada para o mundo dos criptoativos.

Portanto, se você já investe em criptos e não tem bitcoins em sua carteira, repense. Ele é o único que já passou por vários bear markets e sobreviveu, sendo o mais seguro dessa categoria de ativos.

Passo #4: Faça preço médio

A disciplina nos seus investimentos pode fazer toda diferença. Por isso, é altamente recomendável que se aproveite momentos de correção de mercado para fazer preço médio de seus criptoativos, reduzindo-o tanto quanto possível.

Caso você ainda não tenha realizado nenhum investimento nesse mercado ou esteja iniciando nesse momento, o segredo é ir comprando aos poucos. A expectativa a longo prazo permanece sendo de alta, porém no curto prazo é possível que os preços caiam ainda mais. Então, sempre tenha alguma reserva para “encher o balde” nesses momentos de queda.

Passo #5: Invista em educação

A educação financeira básica pode fazer muita diferença para traçar melhores estratégias que se adequem ao seu perfil de investidor. 

Tem muita coisa grátis na internet, é verdade, mas é necessário ter sempre um pé atrás, pois (i) nem sempre o conteúdo está correto, e (ii) alguns conteúdos podem ser uma simples estratégia para vender produtos e serviços que não necessariamente vão agregar valor à sua vida de investidor.

Por conta disso, desconfie. Na dúvida, pode me perguntar se a fonte é confiável (escreva para [email protected] com “Plano B” no Assunto, que eu vou ler, ou mande mensagem lá no meu Telegram). Na Monett, a gente tem mais de 200 vídeos educacionais, guias, filmes e recomendações de investimentos, feitas por mim, para quem quer investir de um jeito sério e seguro.

O ponto-chave nesse sentido é um só: investidor mais bem educado investe melhor. O seu bolso agradece.

Passo #6: Encontre um nicho

Apesar de ter menos de 15 anos de existência, o criptomercado é composto por uma vastidão de assuntos, que exigem mais ou menos conhecimento técnico para serem dominados e mais ou menos necessidade de se manter plenamente atualizado.

Nichos como Layer 1, Layer 2, DApps, interoperabilidade, DeFi, NFTs, dentre outros, são só a ponta do iceberg de assuntos que você vai encontrar quando o assunto são as criptos. Ficar 100% atualizado em todos eles é tarefa verdadeiramente sobre-humana.

Por isso, sugiro que você encontre 1 ou 2 nichos que sejam de sua predileção e realmente se especialize neles, mantendo-se absolutamente informado sobre tudo que acontece. Essa é a única maneira de se manter realmente especializado em um mercado que é tão diversificado.

Lembre-se: nada disso existia 15 anos atrás, quando a internet e praticamente todas as redes sociais que utilizamos hoje já existiam. Mesmo aqueles que hoje são referência no criptomercado não têm mais do que esse tempo de experiência, portanto não é tarde para começar. Logo, não tenha medo, comece hoje mesmo!

Por Helena Margarido, criptoanalista e sócia-fundadora da Monett.

  • Participe da promoção Janela Cripto clicando aqui.
  • Quer saber mais sobre os passos para ser um criptoinvestidor de sucesso? Então, preencha o formulário que um assessor da EQI entrará em contato.obre
A retomada das Criptos?
newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias