Economia
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
Quais as melhores opções de renda fixa para lucrar com a alta da Selic?

Quais as melhores opções de renda fixa para lucrar com a alta da Selic?

Redação EuQueroInvestir

Redação EuQueroInvestir

21 Abr 2022 às 19:00 · Última atualização: 24 Jun 2022 · 3 min leitura

Redação EuQueroInvestir

21 Abr 2022 às 19:00 · 3 min leitura
Última atualização: 24 Jun 2022

cifrão e cofre de porquinho

Neste período de alta da Selic, confira as melhores opções de investimentos em renda fixa para fazer seu dinheiro render mais.

Para quem gosta de investir em renda fixa, talvez esse seja o melhor momento dos últimos meses. Afinal, a Selic – que até o início de maio está em 11,75% – segue crescendo e as expectativas é que até o fim deste ano a taxa alcance a casa dos 13%.

Então, as opções de investimentos em renda fixa ficaram muito atrativas após a Selic chegar na casa dos dois dígitos, o que não acontecia desde 2017.

Com essa oportunidade de fazer seu dinheiro render um pouco mais batendo à porta, é hora de descobrir quais as opções de investimentos em renda fixa para lucrar com a alta da Selic. É  momento de avaliar as melhores aplicações em renda fixa e elevar seu capital com fundos de renda fixa, LCA, CDB, LCI, ETF, Tesouro Diretodebêntures.

 

De acordo com a economista Morgana Barros, a curto prazo, o CDB continua sendo a opção mais atrativa. Enquanto investir na poupança ainda é a renda fixa com menos rendimento, seja a longo ou curto prazo. Outra dica para se dar bem nesse momento de alta da Selic é investir em LCI e LCA que, mesmo possuindo taxas flutuantes baseadas também no IPCA e CDI, são títulos pós-fixados e sofrem as correções mais atrativas para este momento.

Para os investidores que preferem não arriscar muito, a opção é alocar o capital nas opções de juros prefixadas e de curto prazo, com resgate em até dois anos. “Esse é o momento de investir antes que se inicie o ciclo de queda da Selic, previsto para começar a partir do próximo ano”, pontua a economista.

Investir em títulos públicos e privados atrelados à Selic também são atrativos rentáveis. Os papéis do Tesouro trazem lucros sólidos para quem procura aplicar seu capital com garantia de retorno com segurança financeira. Oportunidades, principalmente, para os novos investidores.

Isenção do Imposto de Renda

Entres as vantagens da renda fixa está a isenção do Imposto de Renda Pessoa Física, a existência de um fundo garantidor e o aumento do poder de compra do investidor, dependendo do investimento.

Para investir em renda fixa nem é preciso ter um grande capital, a partir de R$ 30 é possível investir em títulos do governo federal (Tesouro Direto), que podem ser prefixados ou pós-fixados.

Já quem optar em colocar seu capital em CDBs, o investimento mínimo é de R$ 100. Esses títulos possuem taxa de juros e prazo de pagamento já definidos no momento da aquisição.

Os investimentos com maiores valores de aplicação inicial são os títulos privados de LCA e LCI, com valor mínimo de R$ 1.000 que são oriundos de operações realizadas por bancos e instituições financeiras. Essas opções de renda fixa também possuem juros e data de recebimento definidas no ato da compra.

Atualmente, existem mais de 500 opções de investimentos em renda fixa com a alta da Selic, no Brasil. Então, é só aproveitar as dicas do EuQueroInvestir e colocar seu dinheiro para multiplicar.

A retomada das Criptos?
newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias