Economia
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
CCR (CCRO3): Roberto Setúbal é indicado para conselho de administração

CCR (CCRO3): Roberto Setúbal é indicado para conselho de administração

Matheus Gagliano

Matheus Gagliano

05 Set 2022 às 16:20 · Última atualização: 05 Set 2022 · 3 min leitura

Matheus Gagliano

05 Set 2022 às 16:20 · 3 min leitura
Última atualização: 05 Set 2022

CCR (CCRO3)

Agência Brasil

A Itaúsa (ITSA4) informou que o ex-presidente do Itaú-Unibanco (ITUB4), Roberto Setúbal, deverá ser indicado para o conselho de administração da CCR (CCRO3). Recentemente, a Itaúsa adquiriu a fatia de 10% de participação na concessionária de rodovias que pertenciam antes à Andrade Gutierrez.

De acordo com informação do site Brazil Journal, a Itaúsa deve indicar mais um nome para o conselho de administração: Vicente Assis, que estava à frente da McKinsey no Brasil. A transação da compra ocorreu no fim de março e a Votorantim, que junto com a empresa bancária deverá compor um novo acordo de acionistas da CCR, levou os outros 5% da empresa.

Já a Votorantim, deve indicar João Schimidt, CEO da companhia; e Matheus Ferreira, que é o diretor de M&A da empresa.

CCR (CCRO3): transação envolveu R$ 4,1 bilhões

A transação envolvendo a Itaúsa e a Votorantim envolveu um montante de R$ 4,1 bilhões. As duas empresas assinaram, em julho, contrato para aquisição da totalidade das ações detidas pela Andrade Gutierrez Participações na CCR. A transação considera a aquisição de 14,86% do capital total da CCR, com investimento de aproximadamente R$ 4,1 bilhões. Desse montante, a Itaúsa adquiriu 208.669.918 ações.

Já a oferta vinculante total considerou a compra de 300.149.836 ações da concessionária de rodovias. A CCR, fundada em 1999, é considerada uma das maiores companhias de concessão de infraestrutura e mobilidade da América Latina, com atuação nos segmentos de concessão de rodovias, mobilidade urbana, aeroportos e serviços, tendo sido a primeira empresa a ingressar no Novo Mercado da B3 (B3SA3).

Atualmente, é responsável por 3.698 quilômetros de rodovias da malha nacional concedida nos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. A companhia, comprometida com o desenvolvimento sustentável, integra há 11 anos o ISE (Índice de Sustentabilidade Empresarial) da B3 e assinou o Pacto Global da ONU, além de empregar mais de 15 mil pessoas. A composição acionária da CCR contempla ainda o Grupo Mover – antiga Camargo Corrêa (14,86%), Soares Penido (15,05%), além de 55,23% no Novo Mercado.

Quer saber mais sobre a CCR (CCRO3) e como investir melhor? Preencha o cadastro que um assessor da EQI Investimentos irá entrar em contato.

newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias