Economia
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
BTG (BPAC11) mantém recomendação de compra para Americanas (AMER3) no preço-alvo de R$ 45

BTG (BPAC11) mantém recomendação de compra para Americanas (AMER3) no preço-alvo de R$ 45

Redação EuQueroInvestir

Redação EuQueroInvestir

13 Mai 2022 às 16:42 · Última atualização: 24 Jun 2022 · 4 min leitura

Redação EuQueroInvestir

13 Mai 2022 às 16:42 · 4 min leitura
Última atualização: 24 Jun 2022

Americanas (AMER3) tem recomendação de compra pelo BTG (BPAC11)

Divulgação/Wikimedia Commons

O Banco BTG Pactual (BPAC11) publicou, na manhã desta sexta-feira (13), o relatório que apresenta a análise do desempenho da Americanas (AMER3) no 1TRI22. O documento mostra que a empresa atingiu uma receita líquida de R$ 6,8 bilhões, e a instituição financeira recomenda a compra de seus ativos pelo preço-alvo de R$ 45,00.

A Americanas reportou um crescimento de 20% a/a no GMV online do trimestre, alcançando R$ 11 bilhões (+R$ 1,8 bilhão a/a), números que estão em linha com as estimativas do BTG. O GMV do 1P e do 3P teve um aumento de 24% a/a e 16% a/a, respectivamente, e um take rate de 10,5%.

O número de sellers da empresa no período foi 132 mil, enquanto, no 4TRI21, foi 122 mil. A Americanas alcançou, no 1TRI22, 136 milhões de SKUs (vs. 137 milhões no trimestre anterior), e, contando as plataformas online e offline, 52 milhões de clientes ativos (vs. 48 milhões no 4TRI21).

BTG (BPAC11) recomenda compra de ativos de Americanas (AMER3)

Americanas (AMER3): Crescimento na operação das lojas físicas

Considerando os quatro primeiros meses deste ano e excluindo o período das vendas da Páscoa (efeito calendário), houve um crescimento de 10,3% no SSS na operação de lojas físicas da Americanas (AMER3), enquanto as estimativas do BTG eram de 8,7%. Como resultado, a receita líquida da empresa no período chegou aos R$ 3,2 bilhões.

Desta forma GMV consolidado da empresa alcançou R$ 14,2 bilhões (crescimento de 22% a/a, 3% acima da estimativa do BTG). O Hortifruti Natural da Terra, adquirido no último mês de agosto na operação offline, contribuiu com esse resultado em R$ 450 milhões.

Como resultado, a receita líquida da Americanas teve um crescimento de 28% a/a e foi superior às projeções da instituição financeira em 2%, atingindo R$ 6,8 bilhões.

A empresa relata que, se fosse excluído incidente cibernético ocorrido em fevereiro, quando o GMV online caiu 6%, este índice poderia ter obtido crescimento de 30%, e não 20%.

EBITDA da AMER3 tem crescimento de 58% a/a

No 1TRI22, o EBITDA da Americanas obteve um crescimento de 58% a/a, alcançando R$ 660 milhões – 10% acima das estimativas do BTG –, com margem EBITDA de 9,8% (crescimento de 190bps a/a). Excluindo os investimentos de R$ 75 milhões na plataforma Ame Digital, o total do EBITDA ajustado é de R$ 735 milhões. Enquanto isso, a margem bruta da empresa encerrou o trimestre em 30,5% (+40bps a/a).

A Americanas teve resultados positivos no 1TRI22 também na parte logística: segundo o relatório do BTG, a empresa realizou 59% das entregas no mesmo dia (no 4TRI21 foram 54%), e 35% das entregas em três horas (vs. 24% no período anterior). Esses números refletem maior integração entre as lojas e a operação online.

O TPV da plataforma da fintech Ame Digital teve um crescimento de 53% a/a, atingindo R$ 7,8 bilhões no 1TRI22 e totalizando R$ 28 bilhões no último período de um ano. Os números representam um aumento de quase 2x a/a.

No documento, a instituição financeira aponta, ainda, que a empresa obteve um resultado líquido ajustado de -R$ 283 milhões sem considerar os +R$ 153 milhões de ágio ligado à divisão de lojas de conveniência em parceria com a Vibra (esta deu início às operações em fevereiro deste ano). As estimativas do BTG eram de -R$ 205 milhões e, no 1TRI21, o resultado foi de -R$ 224 milhões.

Visão sobre o e-commerce deve ser cautelosa no curto prazo, mas sinais são animadores

De acordo com o relatório do BTG, os resultados operacionais obtidos pela Americanas apresentam um cenário animador, tanto na receita, quanto na margem.

Segundo a instituição financeira, “após a recente correção (afetando a maioria das ações de tecnologia globalmente), uma possível reclassificação para a AMER3 (reconhecidamente com desconto em relação a seus pares, negociando a 0,4x EV/GMV 2022) dependerá da consistência contínua nos próximos trimestres em meio a um cenário muito competitivo mercado de e-commerce brasileiro, embora seja ajudada pelas margens saudáveis da empresa em sua operação de lojas físicas.”

O BTG se mostra cauteloso com a operação online da empresa no curto prazo, principalmente diante do debate global acerca da espiral inflacionária e do aumento das taxas de juros, mas também com as três seguintes preocupações, de acordo com o banco: “(i) desaceleração do e commerce local, (ii) concorrência de players nacionais e internacionais (mais descontos e subsídios e CAC crescente) e (iii) preocupações com níveis de margem sustentáveis para players de e-commerce diante das perspectivas competitivas à frente”.

Quer entender a melhor forma de investir em empresas como a Americanas (AMER3)Preencha este formulário e um assessor da EQI Investimentos entrará em contato para tirar suas dúvidas e mostrar as melhores aplicações disponíveis!

A retomada das Criptos?
newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias