Fundos Imobiliários
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
BCFF11: conheça o fundo de fundos imobiliários do BTG

BCFF11: conheça o fundo de fundos imobiliários do BTG

Vanessa Araujo

Vanessa Araujo

08 Jun 2022 às 14:02 · Última atualização: 08 Jun 2022 · 7 min leitura

Vanessa Araujo

08 Jun 2022 às 14:02 · 7 min leitura
Última atualização: 08 Jun 2022

Predios FIIs BCFF11

O BCFF11 é um fundo de investimento imobiliário com características interessantes, a começar pelo fato de investir em outros veículos de investimento. Isso proporciona grande versatilidade aos cotistas do fundo.

Siga na leitura abaixo para conhecer melhor esse fundo de ótimo desempenho. Confira!

FII Summit: ilustração sobre evento

Descritivo geral

O fundo de investimentos imobiliários que opera sob o código BCFF11 chama-se BTG PACTUAL FUNDO DE FUNDOS. Como seu próprio nome indica, é um fundo que investe seu patrimônio em cotas de outros fundos.

Ou seja, o valor aportado por seus membros cotistas financiará a compra de cotas de outros fundos imobiliários. Na prática, esses fundos são mais conhecidos como FoFs, que quer dizer fundo de fundos.

Isso confere uma versatilidade muito grande para esse veículo de investimento, pois o fundo pode investir em FIIs que atuam em diversas vertentes do mercado de fundos imobiliários.

Assim, o BCFF11 pode investir indiretamente nas diferentes vertentes do mercado imobiliário. Seu patrimônio pode ser alocado em fundos de papel (que investem em títulos imobiliários) ou em fundos de tijolo.

Neste último, o alvo do investimento são os imóveis físicos propriamente ditos. Assim, todos os setores estarão disponíveis também, como agronegócio, shoppings, lajes comerciais e galpões.

O BCFF11 teve seu lançamento inicial na B3 em junho de 2010, com o IPO fixando suas cotas em R$ 100,00. Atualmente conta com mais de 293 mil cotistas e tem uma representatividade no IFIX de 1,58%.

Características do fundo

Conforme dito, o objetivo principal do fundo BCFF11 é a aquisição de cotas de outros fundos de investimento imobiliário. E não somente isso, adicionalmente, o BCFF11 também pode adquirir alguns títulos diretamente.

Os 3 papéis alvo dos investimentos do fundo são os certificados de recebíveis imobiliários (CRIs), as letras de crédito imobiliário (LCIs) e as letras hipotecárias (LHs).

Em relação ao horizonte de investimentos, o fundo visa o longo prazo. A intenção da gestão é auferir bons resultados por meio dos frutos colhidos por ocasião da compra de cotas de outros fundos.

A taxa de administração do fundo é de apenas 0,15% ao ano sobre seu patrimônio líquido, considerando um pagamento mínimo de R$ 25 mil sempre corrigidos pelo IGP-M.

Já a taxa de gestão é cobrada em um valor percentual de 1,10% ao ano e a escrituração é de 0,30% ao ano.

Já quando o assunto é a distribuição de dividendos, o BCFF11 paga aos seus cotistas pelo menos 95% de todos os resultados obtidos pelo fundo. A apuração se dá por meio do regime de caixa.

O pagamento desses proventos é feito sempre até o 10° dia útil do mês seguinte ao período de referência.

Histórico de cotação

A cotação atual do BCFF11 está em torno de R$ 63, com o fechamento do dia 12 de abril de 2022. No entanto, a análise de mais longo prazo (12 meses passados) revela uma queda no valor da cota.

Exatamente há 1 ano, as cotas do BCFF11 eram negociadas na casa dos R$ 85,00, ou seja, em maio de 2021. De lá para cá, houve um movimento descendente de cerca de 28% no valor da cotação.

O ponto mais baixo foi alcançado em novembro de 2021, quando o valor da cota foi negociado pelo valor de R$ 61,00. A partir daí, surgiu um movimento de elevação na cotação.

E o movimento foi forte: em apenas 2 meses, a alta foi de mais de 20%. A cota alcançou o valor de R$ 77,00, perfazendo um ganho considerável em valor patrimonial.

Foi quando uma nova queda teve início com mais 13% de queda. A partir daí os valores se estabilizaram e é este o patamar de negociação atual, que gira em torno do valor de R$ 67,00.

fundo de fundo BTG: gráfico com cotação
Reprodução/Google

Distribuição de dividendos do BCFF11

A distribuição de dividendos do BCFF11 é bastante interessante do ponto de vista do Yield, ou seja, do valor distribuídos a título de proventos calculados sobre o valor da cota.

Para se ter ideia, a distribuição de proventos no mês de março de 2022 ficou em 0,81%. Foram R$ 0,54 distribuídos sobre um valor de cota de R$ 66,00 aproximadamente.

Esse é um efeito natural intrínseco aos fundos de investimentos imobiliários e que nem sempre é percebido pela maioria dos investidores.

Quando o valor das cotas cai, não necessariamente significa uma coisa ruim para o mercado. Na verdade, o valor recebido em dividendos cresce percentualmente, aumentando ainda mais sua vantagem sobre os imóveis físicos.

Quando observamos prazos maiores, o BCFF11 também se mostra interessante, indicando que possui boa performance no médio e longo prazo.

Para a janela de 3 meses, seu dividend yield (DY) registrado foi de 2,42%, com proventos distribuídos no total de R$ 1,62. Já em 6 meses, o DY foi de 4,73%, com R$ 3,16 distribuídos.

Para o período fechado de 12 meses, contando a partir de março de 2022, o total de proventos distribuídos fez um montante de 9,10%. Em moeda fiduciária, o valor total foi de R$ 6,08.

Por fim, é possível saber qual foi o retorno total desde que o fundo começou a ter suas cotas negociadas em 2010. De lá para cá, foi distribuído um total de R$ 93,00.

Isso representa um retorno sobre o investimento de 139%, considerando o valor de cota atual com fechamento em 2 de abril de 2022.

Simulação de aplicação do BCFF11

Para efeitos de comparação, é possível simular um montante de investimento e analisar o seu resultado. Podemos considerar o valor de R$ 50 mil aplicados no fundo BCFF11 para entender como se daria a rentabilidade.

Se o valor aplicado fosse de R$ 50 mil, o retorno em 12 meses seria de R$ 43.328,81, o que daria uma desvalorização em torno de 13%.

No entanto, a cota do fundo desvalorizou mais de 23% nesse mesmo período. Por que então a perda da cota não foi igual à perda patrimonial?

Simples: porque em fundos imobiliários há a distribuição regular de dividendos. Assim, também é preciso considerar que, apesar da queda no valor da cotação, houve o recebimento de R$ 4.139,62 em proventos livres de IR.

Esse valor é exatamente o DY de 9,10% apresentado anteriormente.

Vale lembrar que, se no período de queda da cotação, o valor recebido a título de dividendo for usado para comprar novas cotas, o potencial de crescimento aumenta mais ainda.

  • Clique aqui para se inscrever no FII Summit, maior evento de FIIs do país, que acontece entre os dias 1 e 3 de junho de 2022.
  • Quer conhecer mais sobre o BCFF11? Então preencha este formulário que um assessor da EQI Investimentos entrará em contato para apresentar as aplicações disponíveis!
A retomada das Criptos?
newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias