Ações
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
Vamos (VAMO3) retifica subscrição proporcional de sua oferta prioritária

Vamos (VAMO3) retifica subscrição proporcional de sua oferta prioritária

Osni Alves

Osni Alves

16 Set 2022 às 06:30 · Última atualização: 16 Set 2022 · 4 min leitura

Osni Alves

16 Set 2022 às 06:30 · 4 min leitura
Última atualização: 16 Set 2022

Imagem mostra a parte inferior de um caminhão truck.

A Vamos (VAMO3) retificou a subscrição proporcional de sua oferta prioritária, conforme fato relevante encaminhado ao mercado.

De acordo com o documento, o movimento se dá no âmbito da oferta pública de distribuição primária de, inicialmente, 48.410.000 novas ações ordinárias, todas nominativas, escriturais, sem valor nominal, livres e desembaraçadas de quaisquer ônus ou gravames, com esforços restritos de colocação.

Também disse que a retificação acontece em decorrência de ajustes imateriais em suas frações, conforme disposto abaixo.

“Para tanto, os Limites de Subscrição Proporcional, quando e se utilizados, passam a ser de 0,049958 (em substituição a 0,049956), considerando a colocação da totalidade das Ações, mas sem considerar a colocação das Ações Adicionais, e 0,074936 (em substituição a 0,074933), considerando a colocação da totalidade das Ações e a colocação da totalidade das Ações Adicionais”, destacou.

Imagem mostra um pátio de caminhões.

Vamos (VAMO3) e seu follow-on

No dia 12 de setembro de 2022, conforme noticiado pelo Euqueroinvestir.com, a Vamos (VAMO3) havia informado que seu conselho de administração aprovou a oferta pública de 48,410 milhões de novas ações (follow-on).

Também disse, na ocasião, que a cotação de fechamento das ações ordinárias de emissão da companhia na B3, em 9 de setembro de 2022, foi de R$ 14,46 por ação, valor este meramente indicativo do Preço por Ação, podendo variar para mais ou para menos, conforme a conclusão do Procedimento de Bookbuilding.

E acrescentou que com base neste Preço por Ação indicativo, o montante total da Oferta Restrita, seria de R$ 700.008.600,00 milhões, sem considerar as Ações Adicionais e R$ 1.050.012.900,00 bilhão, considerando as Ações Adicionais.

Balanço da Vamos (VAMO3)

Conforme o balanço da companhia divulgado em julho de 2022, a empresa obteve lucro líquido recorde de R$ 142,5 milhões no segundo trimestre de 2022 (2T22), superando as projeções do mercado de R$ 132,79 milhões.

O número representou um aumento de 42,4% na comparação com igual período de 2021 e é resultado do forte crescimento orgânico nos principais segmentos de negócio com foco e disciplina na execução.

Já o lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações (Ebitda, na sigla em inglês) foi de R$ 450,4 milhões, 77,5% superior ao 2T21 e também superior ao esperado pelo consenso de mercado, de R$ 404,34 milhões. A receita também superou a expectativa de R$ 1,009 bilhão, indo para R$ 1,199 bilhão, 80,1% maior na base anual.

A companhia conta atualmente com R$ 1,8 bilhão em estoques de ativos, sendo R$ 500 milhões de contratos confirmados e em implantação nas próximas semanas.

Gráfico mostra o movimento da ação SIMH3.

Investir em Simpar (SIMH3)

A Simpar (SIMH3) está se organizando para acessar os mercados internacionais.

A companhia é uma holding e detém embaixo de seu “guarda-chuva” outras seis empresas. São elas: JSL (logística rodoviária), Vamos (locação de caminhões e máquinas), CS Brasil (gestão e terceirização de frotas para o serviço público, Original (concessionária de veículos leves), BBC (leasing), e Movida (locadora de veículos).

Pode-se dizer que a companhia foi fundada em Mogi das Cruzes, interior paulista, em 1956 quando o imigrante português Julio Simões iniciou as operações da Transportadora Julio Simões Ltda., hoje JSL.

Ele fazia o trecho Mogi-Rio de Janeiro e a cada quilômetro rodado enxergava à sua frente uma rodovia de oportunidades. O que começou com um caminhão e um negócio familiar transformou-se em uma empresa robusta logo nos primeiros 16 anos.

Isso porque bastou pouco mais de uma década e meia para a JSL adquirir a Transcofer, uma transportadora concorrente e que era três vezes maior que sua adquirente. Leia o artigo completo, aqui!

  • Quer saber mais sobre Vamos (VAMO3) e aprender a investir com assertividade? Clique aqui!
newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias