Economia
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
Índice de Confiança do Empresário Industrial sobe 1,3 ponto em junho, aponta CNI

Índice de Confiança do Empresário Industrial sobe 1,3 ponto em junho, aponta CNI

Osni Alves

Osni Alves

10 Jun 2022 às 10:14 · Última atualização: 10 Jun 2022 · 2 min leitura

Osni Alves

10 Jun 2022 às 10:14 · 2 min leitura
Última atualização: 10 Jun 2022

Produção e emprego na indústria crescem em maio, aponta CNI

O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) avançou 1,3 ponto em junho de 2022, de 56,5 pontos para 57,8 pontos.

De acordo com levantamento da Confederação Nacional da Indústria (CNI), o resultado demonstra avanço da confiança em relação ao mês anterior e coloca a confiança do setor industrial no maior patamar desde outubro de 2021.

O indicador, calculado mensalmente, antecede o desempenho industrial e sinaliza a tendência da produção industrial. Foram consultadas 1.573 indústrias entre 1º e 7 de junho.

Índice de Confiança do Empresário Industrial sobe 1,3 ponto em junho, aponta CNI

Índice de Confiança do Empresário

Ainda de acordo com o levantamento, todos os componentes do índice subiram. O Índice de Condições Atuais avançou 2,1 pontos, de 49,4 pontos para 51,5 pontos. Ao ultrapassar o ponto de corte de 50 pontos, o índice demonstra transição de uma percepção negativa para uma percepção positiva do setor industrial em relação às condições atuais na comparação com os últimos seis meses. 

Já o Índice de Expectativas avançou um ponto, para 61 pontos. Ao se afastar para mais acima da linha divisória de 50 pontos, o índice indica maior otimismo da indústria para os próximos seis meses.

Gerente de Análise Econômica da CNI, Marcelo Azevedo disse que sua equipe mede a percepção do empresário também em relação à economia e em relação à própria empresa.

“Ainda há desconfiança sobre a economia no curto prazo, mesmo que o índice tenha subido, ele ficou abaixo dos 50 pontos nesse quesito especificamente. A avaliação das condições correntes da empresa se tornou mais positiva. Também mostram confiança na economia nos próximos seis meses”, frisou.

A retomada das Criptos?
newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias