Economia
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
EUA: pedidos de auxílio-desemprego alcançam 235 mil na semana, acima da expectativa

EUA: pedidos de auxílio-desemprego alcançam 235 mil na semana, acima da expectativa

Osni Alves

Osni Alves

07 Jul 2022 às 09:58 · Última atualização: 07 Jul 2022 · 4 min leitura

Osni Alves

07 Jul 2022 às 09:58 · 4 min leitura
Última atualização: 07 Jul 2022

Auxílio desemprego

Os pedidos de auxílio-desemprego dos trabalhadores norte-americanos subiram 4 mil na semana, alcançando 235 mil, no total. O mercado estimava 230 mil pedidos.

De acordo com o departamento de trabalho dos Estados Unidos (EUA), os pedidos da semana anterior ficaram iguais, em 231 mil.

Também disse que a média móvel de 4 semanas foi de 232.500, um aumento de 750 ante a média não revisada da semana anterior, de 231.750.

E acrescentou que o avanço da taxa de desemprego sazonalmente ajustado foi de 1,0% para a semana encerrada em 25 de junho, um aumento de 0,1 ponto percentual em relação à taxa não revisada da semana anterior.

Gráfico mostra a evolução do auxílio-desemprego nos EUA.

EUA: pedidos de auxílio-desemprego

Ainda de acordo com o levantamento, o número de adiantamento para segurados ajustados sazonalmente mostra que o desemprego durante a semana que terminou em 25 de junho foi de 1.375.000, um aumento de 51.000 em relação ao índice revisado da semana anterior.

O nível da semana anterior foi revisado para baixo em 4.000, de 1.328.000 para 1.324.000, e a média móvel de 4 semanas foi de 1.335.000, um aumento de 16.500 em relação à média revisada da semana anterior.

A média da semana anterior foi revisada para baixo em 1.000 de 1.319.500 para 1.318.500.

Gráfico mostra a evolução do auxílio-desemprego nos EUA.

Dados não ajustados

Já o número antecipado de reivindicações iniciais reais nos programas estaduais, não ajustados, totalizou 219.507 na semana encerrada em 2 de julho de um aumento de 11.919 (ou 5,7 por cento) em relação à semana anterior.

Os fatores sazonais esperavam um aumento de 8.553 (ou 4,1 por cento) em relação à semana anterior. Houve 382.622 reclamações iniciais na semana comparável em 2021.

A taxa de desemprego segurado antecipado não ajustado foi de 1,0% durante a semana encerrada em 25 de junho, um aumento de 0,1 ponto percentual da semana anterior.

O avanço não ajustado do nível de desemprego segurado nos programas estaduais totalizou 1.378.215, um aumento de 76.664 (ou 5,9%) em relação à semana anterior.

Os fatores sazonais esperavam um aumento de 25.157 (ou 1,9 por cento) da semana anterior. Um ano antes, a taxa era de 2,3% e o volume era de 3.243.237.

O número total de semanas contínuas reivindicadas para benefícios em todos os programas para a semana que terminou em 18 de junho foi de 1.327.839, um aumento de 13.570 em relação à semana anterior.

Foram protocolados 14.208.913 pedidos semanais de benefícios em todos os programas da semana comparável em 2021.

Volume de taxas

As maiores taxas de desemprego segurado na semana encerrada em 18 de junho foram em Nova Jersey (1,9), Porto Rico (1,9), Califórnia (1,8), Pensilvânia (1,5), Nova York (1,4), Alasca (1,3), Rhode Island (1,3), Connecticut (1,2), Havaí (1,2), Illinois (1,2) e Massachusetts (1,2).

Os maiores aumentos nas reivindicações iniciais para a semana que terminou em 25 de junho foram em Nova Jersey (+5.569), Massachusetts (+3.217), Ohio (+2.588), Kentucky (+1.478) e Missouri (+1.375), enquanto as maiores quedas foram na Califórnia (-2.504), Texas (-2.074), Michigan (-1.683), Pensilvânia (-1.628) e Geórgia (-1.606).

newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias