Ações
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
Embraer (EMBR3) tem trimestre com margens mais fortes, diz BTG (BPAC11)

Embraer (EMBR3) tem trimestre com margens mais fortes, diz BTG (BPAC11)

Matheus Gagliano

Matheus Gagliano

05 Ago 2022 às 15:34 · Última atualização: 05 Ago 2022 · 3 min leitura

Matheus Gagliano

05 Ago 2022 às 15:34 · 3 min leitura
Última atualização: 05 Ago 2022

Embraer (EMBR3)

A Embraer (EMBR3) apresentou uma receita líquida um pouco menor no 2TRI22, porém com margens mais fortes. Esta é a avaliação do BTG Pactual (BPAC11) sobre o resultado da companhia aérea no trimestre. A recomendação é de compra, com preço-alvo a R$ 26.

De acordo com o relatório, a receita líquida totalizou US$ 1,0 bilhão (cerca de 10% menor frente ao mesmo período do ano anterior e 9% abaixo da projeção BTG). Ressaltou também que o EBIT foi de US$ 67 milhões (ante US$ 144 milhões no 2TRI21 e acima da previsão de EBIT nulo), com margem de 6,5%, e o EBITDA totalizou US$ 110 milhões, com margem de 11%.

O documento apontou ainda que os números do segundo trimestre foram impactados por US$ 15 milhões em itens especiais relacionados às despesas da Eve e impairments de ativos. Excluindo esses itens, o EBIT e o EBITDA ajustados foram de US$ 81 milhões e US$ 125 milhões, respectivamente, gerando margens de 8% e 12%.

BTG (BPAC11): lucro líquido impactado por itens especiais e impostos

“Sinalizamos que esses números não estão ajustados pelos ~US$ 17 milhões de efeito extraordinário relacionado à reintegração e a arbitragem da divisão de aviação comercial. Por fim, A Embraer reportou um lucro líquido de US$ 74 milhões (vs. US$ 88 milhões no 2T21 e nossa previsão de -US$ 22 milhões), impactado por itens especiais e impostos diferidos. Sem esses impactos, o lucro líquido ajustado foi sólido em US$ 39 milhões (vs. US$ 44 milhões no 2T21)”, aponta trecho do relatório.

Embraer (EMBR3) tem guidance reafirmado

O relatório do BTG (BPAC11) diz ainda que a Embraer (EMBR3) teve seu guidance reafirmado para este ano, que é de margem EBITDA de 8 a 9%. O banco de investimentos lembra ainda que, conforme divulgado, a carteira de pedidos encerrou o segundo trimestre em US$ 17,8 bilhões e não inclui a venda recentemente anunciada de 20 aeronaves E195-E2 para a Porter, que serão incluídas no terceiro trimestre.

“Suportando nossa visão de um segundo semestre melhor. A Embraer continua sendo um nome interessante, oferecendo exposição ao mercado de companhias aéreas em recuperação e novas iniciativas de negócio (por exemplo, evolução do eVTOL, segurança cibernética e outras parcerias estratégicas)”, apontou outra parte do relatório.

Quer saber mais sobre Embraer (EMBR3) e como investir melhor? Preencha o cadastro que um assessor da EQI Investimentos irá entrar em contato.

newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias