Educação Financeira
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
Bitcoin (BTC) volta aos US$ 44 mil com leste europeu arrefecendo os ânimos

Bitcoin (BTC) volta aos US$ 44 mil com leste europeu arrefecendo os ânimos

Redação EuQueroInvestir

Redação EuQueroInvestir

15 Fev 2022 às 13:41 · Última atualização: 15 Fev 2022 · 2 min leitura

Redação EuQueroInvestir

15 Fev 2022 às 13:41 · 2 min leitura
Última atualização: 15 Fev 2022

staking de criptomoeda

Reprodução/Pixabay

O Bitcoin (BTC) voltou ao patamar dos US$ 44 mil com o leste europeu arrefecendo os ânimos. Isso porque o presidente russo, Vladmir Putin, mandou uma parte das tropas que estavam na fronteira retornarem à base.

O gesto, embora singelo, dá a entender que as conversas com chefes de estado no Kremlin começaram a surtir efeito e a possibilidade de guerra parece se afastar.

Com os nervos menos à flor da pele, as principais criptomoedas do mundo aceleram o movimento de recuperação e algumas indicam que vão inverter as perdas da semana.

Para se ter ideia, às 10H15 desta terça-feira (15) o bitcoin estava assim:

Bitcoin

Com esse fato novo na geopolítica mundial, os dados internos da rede (blockchain) da maior criptomoeda do mundo permanecem positivos.

De igual modo, a taxa (hashrate) de mineração voltou a bater as máximas históricas, o que é positivo para o bitcoin.

Na prática, significa dizer que a rede está apta a receber mais transações e manter a segurança ao mesmo tempo. Isso pode significar que novas altas estão a caminho, mas nada é certo ainda.

Já o índice de força relativa (RSI, em inglês) do bitcoin permanece em baixa, mas, de acordo com a série histórica, o momento pode anteceder a alta de preços.

Acontece que o RSI varia de zero a 100, e quando o indicador está acima dos 70 pontos, o ativo pode cair logo, enquanto, abaixo dos 30 pontos, os analistas esperam por uma alta.

Atualmente, o RSI do BTC está em 55 pontos, um nível considerado “neutro”.

Destaque do dia

Na dianteira dos criptos que mais estão subindo estão os altcoins, que são criptomoedas alternativas ao bitcoin.

O principal destaque aponta para a Solana (SOL), que retomou o patamar dos US$ 100 após uma alta de mais de 10%.

Já a Avalanche (AVAX) salta 13,09% hoje, em um forte movimento de recuperação após as perdas recentes. A AVAX também é uma criptomoeda promissora, após disparar 3.326,70% em 2021.

newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias